12 de fevereiro de 2016

Minhas palavras

Imagem daqui

Eu faço cordas de palavras
em vez de fazer uma oração.

Eu faço cordas de palavras
p'ra fazer um laço bonito no meu coração.

Eu faço cordas de palavras
p'ra te enrolares quando faltar a paixão.

Eu faço cordas de palavras
p'ra te agarrares quando ficares sem chão.

Palavras sem nexo para o intelecto,
na linguagem do coração.
Palavras sem tecto esperando adopção.
Palavras abertas por detrás de um portão.
Palavras que são um deserto para a razão.

Palavras, palavras, palavras, ...

Palavras, porque sim ... !
Palavras que fazem sentido p'ra mim.
Palavras que são confetis e pozinhos perlimpimpim.
Palavras que tocam à minha campainha e fazem "triiiiiiiim".

Palavras ... Quero mais!
Elas entram e tu sais!
Elas são e tu jamais!
Elas sonham e são reais!

Palavras borbulhantes da minh'alma,
como uma nascente termal.
A sua característica medicinal
é curar-me de qualquer mal.

Palavras esquisitas para os acomodados,
Palavras benditas para os perturbados,
Palavras malditas para os arrogantes,
Palavras esquisitas de ignorantes.

Palavras afastadas do desejo de vencer,
Palavras esgotadas para quem quer aparecer,
Palavras desprezadas pelo capital,
Palavras espezinhadas pelo modelo social.

Palavras traduzidas da linguagem intemporal.
Palavras trazidas do mundo real.
A password permitida pelo portal
é amor a linguagem universal.

Cristina, 23 de Janeiro de 2016

1 comentário:

  1. Isto está muito nice Cris :) Será que ainda vou fazer uma música com estas PALAVRAS? ehehehe Que fixe

    ResponderEliminar